Pesquisa em Letras Clássicas na UFPB

1. Pós-graduação

O Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal da Paraíba oferece, na área de concentração Linguagens e Cultura, a linha de pesquisa Estudos Clássicos, que se propõe o estudo dos autores de Língua Grega e Língua Latina, da Antiguidade Clássica à Idade Média, na sua língua original. Esta linha de pesquisa tem como objetivo promover a capacitação dos professores de Línguas Clássicas, bem como a produção de edições bilíngues, para uso em sala de aula. A cada semestre são oferecidas duas disciplinas da área. Dissertações e teses já foram defendidas.

 

2. Grupos de pesquisa

O Curso de Letras – Línguas Clássicas possui dois grupos de pesquisa atuantes, registrados no CNPq. O primeiro é o GREC – Grupo de Estudos Clássicos e Literários, cujos líderes são os professores doutores Milton Marques Júnior e Juvino Alves Maia Junior; o segundo é o NEALC – Núcleo de Estudos Aprofundados de Línguas Clássicas, que tem como líder a professora doutora Alcione Lucena de Albertim. Ambos os grupos contam como pesquisadores, professores do Curso de Clássicas e estudantes da graduação e da pós-graduação.

a. GREC

O GREC – Grupo de Estudos Clássicos e Literários desenvolve atualmente duas pesquisas: O Dicionário da Eneida e Aprendendo a Ler os Clássicos – a Teogonia de Hesíodo. A primeira pesquisa, sob a liderança do professor doutor Milton Marques Júnior, encontra-se em andamento, já tendo publicado três volumes do Dicionário da Eneida: Livro I – Eneias na Líbia; Livro II – A destruição de Troia; Livro III – As errâncias de Eneias. O quarto volume, Livro IV – Os amores funestos de Dido e Eneias, encontra-se no prelo. A segunda pesquisa está no seu início, Aprendendo a Ler os Clássicos – a Teogonia de Hesíodo, e tem o objetivo de fazer uma leitura acompanhada e comentada sobre o texto hesiódico, para a produção de uma edição didática e bilíngue.

b. NEALC

O NEALC, Núcleo de Estudos Aprofundados de Línguas Clássicas, intenta realizar estudos de tradução de textos clássicos, focando na análise linguística da língua grega e da língua latina nesses respectivos textos, considerando a morfossintaxe dessas línguas e sua implicação na compreensão semântica desses mesmos textos, o que leva, consequentemente, a um aprofundamento dos estudos acerca da cultura greco-latina, em que estão inseridos os autores estudados. O fruto desses estudos repercute diretamente no desenvolvimento científico e acadêmico do Curso de Letras, especificamente em Filologia, Literatura, Língua Portuguesa e Línguas e Literaturas Clássicas, e de áreas afins, como Filosofia, História e Direito, tendo em vista que o entendimento dessas línguas e do seu respectivo contexto histórico-literário através dos textos objetos da nossa pesquisa é imprescindível para uma compreensão mais profícua dessas mesmas áreas.