Esta disciplina fornece uma introdução às práticas de pesquisa em Línguas Clássicas.

 

MÓDULO 0
Pesquisador: uma experiência pessoal e social
Pesquisar é uma atividade pessoal, que procede de nossas buscas e interesses, mas também social, que depende das oportunidades encontradas e aproveitadas. Existe um gênero de texto acadêmico que dá conta desse percurso: o Memorial. É uma espécie de currículo acompanhado de introdução, em que o pesquisador faz a narrativa de seu percurso intelectual. Para exemplificar, coloquei aqui um Memorial que elaborei para um concurso em 2012.

 

MÓDULO 1
Databases e mecanismos de busca
Neste módulo conheceremos três das principais formas de conhecer a pesquisa científica brasileira na grande área dos Estudos Clássicos.

#1 DGP – Diretório dos Grupos de Pesquisa (CNPq)

1. Acesse o Diretório de Grupos de Pesquisa no Brasil, do CNPq (http://lattes.cnpq.br/web/dgp)
2. Clique no botão “Buscar Grupos”
3. No campo “termos de busca”, coloque algumas palavras-chave ligadas ao Estudos Clássicos (sugestões: “latim grego clássica clássicos antiguidade grega grécia roma”).
4. Na chave ao lado, selecione “Qualquer palavra”.
5. Mais abaixo, clique no botão “Filtros”.
6. Dentre o conjunto de opções, repare em “Grande Área” e escolha entre:
• “Linguística, Letras e Artes” (estudos de língua e literatura)
• “Ciências Humanas” (estudos de história e filosofia)
7. Confira os resultados obtidos e escolha um, conforme seu interesse pessoal, clicando no nome do grupo.

#2 LATTES – Currículo do pesquisador

1. Acesse a página do grupo escolhido, clicando no nome do grupo.
2. Copie/cole os seguintes dados: (a) nome do grupo, (b) instituição, (c) repercussões.
3. Na seção sobre “Linhas de Pesquisa”, escolha uma e clique no botão localizado na coluna “Ações”.
4. Copie/cole: (a) nome da linha, (b) objetivo.
5. Na seção de recursos humanos, encontre na lista o nome do líder do grupo e, na coluna “Ações”, clique no primeiro botão (visualizar currículo Lattes).
6. Dentro do Lattes, contabilize as produções e as participações informadas (e.g. 2 artigos completos; 2 capítulos de livro; 25 resumos em congresso; 7 bancas de mestrado; 30 eventos, etc.).

#3 PERIÓDICOS – Artigos em revistas acadêmicas

As revistas acadêmicas são a forma mais usada para publicar resultados de pesquisa. A maioria delas são vinculadas a algum programa de pós-graduação das universidades. Abaixo estão alguns exemplos de revistas que costumam publicar textos da nossa área.

específicas

CLÁSSICA (SBEC)

LETRAS CLÁSSICAS (USP)

PHAOS (UNICAMP)

CALÍOPE (UFRJ)

NUNTIUS ANTIQUUS (UFMG)

HYPNOS (PUC-SP)

gerais

ALFA: REVISTA DE LINGUÍSTICA (UNESP)

ORGANON (UFRGS)

ALETRIA (UFMG)

HUMANITAS (UC, Portugal)

PHILOLOGUS (CIFEFIL)

filosofia

ANAIS DE FILOSOFIA CLÁSSICA (UFRJ)

ARCHAI (UnB)

tradução

CADERNOS DE TRADUÇÃO (UFSC)

SCIENTIA TRADUCTIONIS (UFSC)

TRANSLATIO (UFRGS)

discente

CODEX (UFRJ)

RONAI (UFJF)

 

AVALIAÇÃO 1
Elaboração de relatório
A avaliação deste módulo consiste na elaboração de um relatório que narre como as três partes do módulo 1 foram executadas e quais foram seus resultados. Esse conteúdo principal deve ser precedido de introdução que descreva a localização da pesquisa no espaço-tempo (ufpb-2015) e concluído por suas próprias considerações acerca de experiência. Um roteiro para a composição está disponível aqui.

*

Bons estudos!


Categoria: Notícias